O que são Cristais

Tudo no Universo é energia, energia é vibração.

O som, a cor, a luz, os minerais, os seres orgânicos, tudo vibra em freqüências variadas.

Os cristais e pedras têm sido utilizados por muitos povos desde a antiguidade.

Este uso foi relatado por Platão e sua revelação chegou a nós por Timeus e Critias, que narraram detalhadamente a existência de uma ilha na direção dos Estreitos de Gibraltar, Atlântida. Um outro fato que colabora e muito com a tese da existência de um continente submerso é a lenda do dilúvio, que é encontrada, com muita semelhança, na Índia, na Caldéia, na Babilônia, na Grécia, na Escandinávia, na China, no México, na Guatemala, nas Honduras, no Peru, nas tribos norte-americanas e entre os Hebreus e Celtas.

Em todas estas regiões encontramos indícios na História do uso de cristais e pedras para os mais diversos fins.

Os Egípcios utilizavam a malaquita para forrar as coroas dos faraós para governar com sabedoria e lápis-lazúli em seus olhos para ter uma visão ampliada.

As jóias tinham como o intuito indumentário e para evitar doenças e afastar os perigos.

Os Sumérios, um povo muito culto, desenvolvido e com uma medicina muito avançada. Seus medicamentos eram baseados em plantas e em minerais.

Para os Gregos o cristal de Quartzo era a luz cósmica congelada em seu caminho do Olimpo para a Terra.

Cristal é uma palavra proveniente do grego Krystalos. Os cristais são capazes de receber, de conter, de projetar, de emanar, de refratar e de refletir luz, a forma mais elevada de energia conhecida no universo físico.

Os cristais, desde as culturas antigas do mundo, eram usados para curar e equilibrar.

Na cultura antiga da Índia, Grécia e Egito, eram usados para energizar remédios e auxiliar na medicina, trazendo a cura para muitas pessoas.

Os cristais amplificam as energias (tanto que são usados até na técnica das transmissões), além de conter na forma mais pura, as cores que são necessárias para nosso equilíbrio físico, biológico e espiritual.

Os cristais são poderosas ferramentas que trazem o equilíbrio naturalmente para as partes: físicas, psicológicas e espirituais.

Eles representam o poder da natureza superior. Os cristais podem ser usados em conjunto com outras terapias, tendo uma afinidade especial com a terapia de cores. Todos nós temos energias e todos nós podemos transmiti-las para os outros ou absorvê-las, no campo que escolhemos.

Os cristais nos ajudam a isso, dimensionando-as e ampliando-as. Para isso ser possível, teremos que limpá-los, energizá-los e programa-los periodicamente; elevar nossos pensamentos e querermos usá-los.

Os cristais podem ser usados nas práticas de meditações e visualizações. Podemos invocar a presença de um cristal através de nossos pensamentos, apenas imaginando sua cor.

Eles trazem energia vibracional de alta freqüência, amplificado e focalizado nas energias naturais do corpo e da mente.

É importante saber que quando um cristal entra em contato com o corpo físico, ele absorve muitas energias negativas, precisando ser limpos e energizados antes de usar.

A limpeza em um cristal faz com que todas as energias por ela absorvida sejam descarregadas. Energizar é alimentar o cristal com energias favoráveis para o seu maior desempenho.